Há mais de 600 anos

na Bélgica, um legado começou.
Um legado que continua vivo até hoje.

Tudo começou

em Leuven, na Bélgica. Em 1366 nasceu a cervejaria Den Hoorn e, com ela, as bases para a qualidade e o sabor que distinguem Stella Artois até hoje. Seis séculos depois, essa origem ainda é motivo de orgulho. É só olhar para qualquer garrafa de Stella Artois para ver que o símbolo da cervejaria Den Hoorn continua lá, estampado em cada rótulo.

Alguns séculos mais tarde

em 1708, Den Hoorn ganhou um novo mestre-cervejeiro: Sebastian Artois. É, talvez você já tenha ouvido falar desse nome. Ou, pelo menos, do sobrenome. Em poucos anos, em 1717, Sebastian conseguiu adquirir a cervejaria. E, assim, nasceu a cervejaria Artois.

1726. O futuro

da cervejaria é colocado em jogo após a morte de Sebastian Artois. Mas, contra a expectativa de todos na época, sua viúva, Isabella, assumiu o risco e salvou a cervejaria. Sorte nossa (e sua).

E o nome Stella?

Onde entra nesta história? Só em 1926. No Natal daquele ano, um lote especial da cerveja Artois foi preparado como presente para os clientes mais fiéis. Em homenagem à data, a garrafa recebeu uma estrela e “Stella”, estrela em latim, em seu nome. Stella Artois, como o mundo a conheceria dali em diante.

Você tem mais de

Usamos cookies para melhorar os nossos serviços. Continuando a navegação, você aceita o uso dos cookies, termos de uso e política de privacidade.

18 anos?

Não Sim
Facebook Twitter Instagram YouTube Aumentar Fonte Diminuir Fonte